Tags

, ,

É comum leitores escreverem para o nosso email contando sobres suas experiências e perguntando: “tenho chance de conseguir um emprego no Canadá”?

Isto, claro, é uma coisa que não tem uma resposta binária: sim ou não. Depende de muita coisa.

Mas existe uma condição extremamente importante. A língua.

Não quero desanimar ninguém, mas se você não fala nada de inglês, nada de francês e pretende vir pro Canadá, comece a estudar já!

Ao contrário do que se pensa, não faltam profissionais no Canadá. O Canadá não “procura brasileiros” como algumas matérias às vezes sugerem.

Chegando aqui, ninguém vai bater na sua porta oferecendo trabalho. Pelo contrário, você terá que ralar, e muito. E imagina se você não falar nada de inglês ou de francês? Por que alguém deixaria de contratar alguém com a mesma experiência e que fala a língua para contratar alguém que não consegue se comunicar?

Mesmo que você já fale inglês (como alguns dizem, “fluente”), cuidado com o excesso de confiança. Uma coisa é você falar inglês no Brasil. Outra coisa é chegar aqui e ter que fazer dezenas de entrevistas de emprego, ter que ligar num órgão do governo para regularizar um documento, negociar um aluguel de apartamento, etc. Não é tão simples como imaginamos.

Então é impossível eu conseguir emprego falando pouco ou nada de inglês/francês? De uma forma geral, quanto menos você falar, mais difícil é conseguir um emprego. Sem falar nada, é praticamente impossível. E ainda que você consiga, provavelmente será algo bem distante daquilo que você fazia no Brasil.

Então vamos à pergunta inversa. Que nível preciso ter para trabalhar na minha profissão? Isto depende da área e cargo, é claro. Normalmente, quanto mais técnica a profissão, menor a exigência da língua, até porque menor a disponibilidade de profissionais no mercado. Provavelmente um programador não precisa ter um inglês perfeito. Mas um jornalista, certamente precisa.

Ainda na linha das notícias desanimadoras, mesmo que você seja o brasileiro com o inglês/francês mais perfeito do mundo, qualquer canadense que concorrer pela mesma vaga tem mais fluência na língua local que você. Além disso, você tem uma experiência no Brasil, em empresas que o entrevistador provavelmente nunca ouviu falar. E o seu concorrente trabalhou a vida toda no Canadá. Não vou nem entrar na questão de cultura de trabalho, que é bem diferente aqui no Canadá.

Enfim, não estou aqui dizendo que é impossível você trabalhar no Canadá… longe disso. Aqui existe muita oportunidade, ainda mais se você abrir o seu leque de opções. Mas é importante compartilhar um pouco da realidade que os imigrantes enfrentam, que as matérias de revista não contam. Estas matérias também não mencionam a dificuldade de alguns profissionais para tirarem suas permissões de trabalho. Enfermeiros, médicos, engenheiros e outros precisam de uma permissão para exercer a profissão aqui e muitas vezes para isso eles precisam voltar aos estudos.

Quase todo imigrante aqui precisa ralar para voltar ao mercado de trabalho e a língua é o primeiro e mais importante passo. Estude aí, estude aqui, não perca tempo. Quanto mais você souber, melhor. Se você vier para o Québec, ainda terá 2 línguas para enfrentar. Então não pare e não demore para começar ou recomeçar. Estude!

A parte boa da história é que o salário mínimo aqui é muito bom. É o equivalente a quase 1700 dólares por mês. Então qualquer emprego, por mais simples que seja, pagará o suficiente para sustentar umas duas pessoas, sem luxos. Se você não tiver frescura, pode começar a trabalhar em algo mais simples e ir tentando voltar à sua área.

“Planejamento” é a palavra chave para quem está vindo!

Anúncios