Tags

, , , , ,

Mais um post da série Costumes e Manias, assunto preferido dos nossos leitores. Aí vão mais alguns costumes típicos dos canadenses.

Não passar a roupa: sabe aquela coisa que o brasileiro tem com roupa amassada? Que cada roupa lavada tem que ser cuidadosamente passada a ferro? Este problema você não terá aqui. Ninguém costuma passar a roupa e ninguém está preocupado com isso. Eles passam no máximo uma camisa social de algodão ou uma peça que fique esculachada demais sem passar.

Jantar cedo: sei que no Brasil isto varia de região para região, mas lá em SP se você for a um restaurante jantar às 18h provavelmente o encontrará fechado. O pico de movimento é entre 21h e 22h. Aqui, às 22h não tem mais ninguém nos restaurantes. Mas se você for às 17h, já tem muita gente. 18h é talvez o pico do movimento. E não só nos restaurantes, mas em casa eles também jantam cedo, por volta de 17h ou 18h no máximo, mesmo que ainda esteja um solzão lá fora. Quando chego do trabalho, pouco depois das 17h, vejo um monte de carros de entrega de comida pela vizinhança.

Por fora bela viola, por dentro pão bolorento: as casas canadenses têm um sério problema. Geralmente são lindas por fora, mas as cores das paredes internas muitas vezes são, digamos, exuberantes. Geralmente são pintadas de cores fortes e nada neutras. Às vezes a casa inteira é assim. Cada cômodo de uma cor. Uma rápida olhada no duproprio e encontrei um belo exemplo.

Uma simpática casinha...

Uma simpática casinha…

Um cômodo laranja e azul.

… mas com um cômodo laranja e azul.

Outro mostarda com laranja

Outro mostarda com laranja

E por que não amarelo com preto?

E por que não amarelo com preto?

Ainda nas casas, quem precisa de móveis alinhados com a parede, não é? Canadenses acham legal deixar os móveis jogados na diagonal ou em ângulos aleatórios, sem alinhá-los com nada.

casa2 casa5 casa6 casa8 casa9

Ler: um bom hábito do pessoal daqui é a leitura. Vejo muita gente lendo no metrô, no ônibus e até no escritório, durante o horário de almoço. Não que os canadenses sejam os mais cultos e letrados da galáxia, mas vejo mais gente lendo em locais públicos do que via no Brasil. Inclusive existem espalhadas pela cidade umas caixas de troca de livro. Você pega um e deixa um. E a Grande Biblioteca de Montréal recebe mais de 10 mil visitantes por dia!

Coisas para vender/doar na frente da casa: não é só no kijiji que os canadenses costumam divulgar itens para vender ou doar. Muita gente deixa móveis ou qualquer coisa no gramado de casa com uma plaquinha com o preço ou então dizendo “À donner” ou “Free”. Mesmo que esteja à venda, a pessoa não fica lá fora, junto do objeto. Deixa ele lá perto da calçada e, se alguém se interessar, toca a campainha e paga pelo produto.

Este foi o Costumes e Manias 4. Não viu os outros? Clique abaixo e veja agora mesmo outros costumes curiosos dos canadenses.

Costumes e Manias

Costumes e Manias 2

Costumes e Manias 3

Costumes e Manias 5

Sigam-nos no Instagram! @canada_segundo_os_brasileiros

View this post on Instagram

Plantações de Saint-Remi. Lindo dia hoje!

A post shared by Canadá Segundo os Brasileiros (@canada_segundo_os_brasileiros) on