Tags

, , , , , , , , ,

Depois de um tempo por aqui, pagando aluguel, você perceberá que está perdendo dinheiro e vai bater aquela vontade de pagar por algo que é seu, ou seja, comprar uma casa ou apartamento.

Este mês, depois de meses de pesquisa, compramos a nossa própria casa. E se esse é o seu plano também, aqui vão algumas dicas. O processo é um pouco diferente do Brasil. Então seguem aqui os 10 passos para comprar uma casa no Canadá.

1. A pesquisa. É claro que o melhor jeito é começar pela internet. Para isto, recomendo 2 sites: Remax e Duproprio. O primeiro é uma espécie de imobiliária que existe no país inteiro e que anuncia suas casas. Caso queira visitar uma casa, basta ligar para o corretor indicado no anúncio e agendar a visita. O segundo site é diferente. São os próprios donos que anunciam seus imóveis, sem corretor (daí o nome do site, claro). Gostou da casa? É só ligar para o proprietário e combinar a visita. Muitas vezes, seja num site ou no outro, o pessoal faz um Open House, que é uma visita livre, normalmente num domingo à tarde. Neste dia, basta aparecer na casa para visitar, sem necessidade de agendamento.

2. Pré-aprovação de crédito. Caso você pretenda fazer uma hipoteca (financiamento) para pagar sua casa, precisa já ir atrás disso. Você pode falar com o banco onde tem conta ou com qualquer outro. Eles vão pedir uma lista de documentos que você terá que providenciar para eles avaliarem seu crédito. Fiz um post só sobre este tema, pois existem vários detalhes importantes (veja aqui). Mas vamos supor que um banco te aprovou um valor x com uma taxa de juros y. Procure casas que valem até x, claro.

3. Corretor. Ter um corretor de imóveis não é obrigatório. Vai do vendedor e do comprador. Caso o vendedor tenha escolhido um para fazer sua venda, é ele quem vai pagar os honorários (4%). Caso ele esteja vendendo pelo Duproprio, ele não tem corretor. Aí se você, comprador, quiser engajar um corretor, terá que pagar os 4%. Se cada um quiser ter seu próprio corretor, é o vendedor que paga os 4%, que serão divididos entre os 2 corretores.

4. Oferta. Este é um ponto muito sério. Para fazer uma oferta num imóvel, você precisa assinar um documento, que é como um contrato de compra e venda. Ali você vai estabelecer o preço que está ofertando pela casa e as condições. Caso o vendedor aceite (e ele tem 7 dias para isso), você tem a obrigação de comprar a casa. Caso desista, ele pode te processar. O mesmo vale para o contrário, caso ele desista de te vender. Mas existem algumas condições que você pode colocar na oferta para correr menos riscos. As 2 principais são: vistoria e financiamento.

5. Vistoria. Pouco comum no Brasil, aqui ela faz parte da cultura de compra de imóveis. Para ter certeza que o imóvel está em boas condições, você deve contratar um inspetor. Ele vai passar 4 horas na casa e vai fazer um pente-fino, do telhado ao porão, por dentro e por fora da casa, olhando todos os detalhes e achando os menores defeitos. É uma inspeção visual. Ele não vai quebrar parede para ver se os canos estão em boas condições. Mas ele vai enxergar o menor sinal de infiltração, por exemplo, que você nunca veria. Recomendo fortemente a inspeção, ainda mais que as casas aqui são bem diferentes das do Brasil. E recomendo que você acompanhe a inspeção, pois o inspetor vai dando dicas de manutenção. Fizemos a nossa com uma empresa chamada Amerispec. Recomendo! A inspeção custa entre 500 e 600 dólares. Depois de uns 3 dias eles mandam o relatório por email. O relatório indicará os defeitos e custo médio de reparação. Com isto, você pode renegociar sua oferta com o vendedor, ou mesmo cancelá-la caso julgue que os problemas são muito graves. Durante a inspeção, pergunte ao inspetor se é recomendável fazer o teste de pirita (pyrite). Se ele disser que sim, faça. Depois explico o porquê em outro post.

6. Hipoteca. Assim que sua oferta tenha sido aceita, corra para fazer a inspeção (item 5) e para pedir o crédito ao banco que já o pré-aprovou. A sua oferta aceita com as 2 condições valem por 10 dias. Então você tem que resolver ambos nestes 10 dias. Procure seu banco e diga que fez uma oferta. Eles vão pedir mais documentos e, se tudo estiver certo, mandarão uma carta de aprovação.

7. Estando tudo certo com a inspeção e com o financiamento, avise o vendedor para que vocês retirem as 2 condições. Pronto, a casa não pode ser vendida para mais ninguém. Ela será sua. Caso você tenha um corretor, ele se ocupará da oferta, senão é você com o comprador. Mas não é nada complicado. No site do Duproprio tem um modelo de oferta de compra.

8. Notário. Aqui não existe cartório, mas existe a figura do notário, que é a pessoa que vai preparar a documentação da casa para você. Você vai ter que ir atrás de um. É o comprador quem escolhe o notário. Caso não tenha uma indicação, você pode procurar no site da Ordem dos Notários da província onde você está. Aqui no Québec, você pode pesquisar inclusive pela língua que o notário fala. Isto é bom pois você pode encontrar notários que falam português. É sempre útil!

9. Escritura. Escolhido o notário, entre em contato com ele e ele te orientará quanto ao processo para efetivar a compra. Você precisará passar o contato do vendedor para ele. Ele entrará em contato e pedirá uma série de documentos. Caso esteja fazendo uma hipoteca, precisará também passar os dados do notário para o seu banco, que enviará também documentos para o notário. Estando tudo certo, você vai combinar com o notário e o vendedor uma data para a assinatura do ato de venda (escritura), que será feita no escritório do notário.

10. Assinatura. Antes de assinar a escritura, o notário te chamará uns 2 dias antes para a assinatura da hipoteca. É ele quem prepara tudo com o banco e você só vai lá assinar. Você deverá também pagar a entrada neste momento. É para o notário que você paga. Ele vai cuidar de todo o dinheiro envolvido no processo. Também deverá neste momento pagar os honorários dele (entre 1000 e 1500 dólares, dependendo do notário). No dia da assinatura da escritura, vendedor e comprador comparecem ao escritório do notário e assinam os documentos. Pronto, a casa é sua!

Anúncios