Tags

, , , , , , , , ,

Essa é boa! Dia 1 de julho é feriado em todo o Canadá. É o Dia do Canadá. Foi nesse dia, em 1867, o Ato Constitucional da América do Norte Britânica, que transformava 3 colônias britânicas em 1 só, chamada Canadá. Ou seja, foi o nascimento do que hoje chamamos de Canadá.

Até aí nada demais, apesar das polêmicas que até hoje ofendem os franco-canadenses. O mais curioso deste dia é que aqui em Montréal também é o dia em que quase todos os contratos de aluguel começam. Resultado: um monte de gente se muda no mesmo dia!

É uma tradição que vem de longe e tem uma história interessante. Ela começou como uma ação “humanitária” do governo colonial francês sobre sua colônia Nova França (que hoje é o Québec), impedindo que os Senhores Feudais expulsassem seus trabalhadores rurais durante o inverno. Pouco depois, uma lei de 1750 tornou obrigatório que todos os contratos de aluguel urbanos fossem de 1 ano, começando no dia 1 de Maio e terminando no dia 30 de Abril.

Foi o nascimento do Dia da Mudança, mas em uma data diferente da de hoje. Em 1973, o Governo do Québec mudou o Dia da Mudança para 1 de Julho, com 3 objetivos:

1- Evitar que as crianças tivessem que mudar de escola no final do ano letivo (maio/junho);

2 – Transferir o dia para um feriado, para que os trabalhadores não perdessem o dia de trabalho;

3 – Transferir o dia para o alto verão, já que em 1 de Maio o clima ainda é incerto. Pode fazer calor, frio, nevar, chover, etc. (Fonte: Wikipedia)

Cena Comum no Dia da Mudança (créditos: kijiji.ca)

Cena Comum no Dia da Mudança (créditos: kijiji.ca)

Hoje o Dia da Mudança não é mais lei. Mas mesmo assim a tradição ficou. É algo bem engraçado de ver. Os caminhões de mudança e caminhões alugados circulam o dia inteiro pela cidade! Mas também isto é um pouco bizarro. No mesmo dia uma família sai do apartamento e outra chega.

Na maioria dos casos, funciona. Mas é muito comum o novo inquilino encontrar a casa suja, cheia de tranqueiras deixadas pelos antigos moradores. Ou ainda se deparar com um inquilino que ainda não deixou o apartamento.

Outra coisa interessante é que quase ninguém contrata empresa de mudança, que custa caro. Todo mundo aluga caminhão, chama os amigos e fazem a mudança com os próprios braços. Existem duas grandes locadoras de caminhão: Uhaul e Discount.

Cada um faz sua própria mudança (créditos: matness.ca)

Cada um faz sua própria mudança (créditos: matness.ca)

Amigo é para essas horas! (créditos: matness.ca)

Amigo é para essas horas! (créditos: matness.ca)

Por outro lado, o dia da mudança gera oportunidades de negócio e aquece a economia de alguns setores.

Os caminhões de aluguel, claro, ficam mais caros neste dia. Assim como as empresas de mudança.

É o dia em que mais se entrega pizzas em Montréal, junto com a véspera de Natal. Na noite de 1 de julho, as pessoas pedem várias pizzas, pois estão com os amigos. E ainda dão generosas gorjetas para os entregadores. (Fonte: Jornal 24h de 02/07/2014)

A Canadian Tire fica lotada na véspera (30 de junho), assim como os supermercados no dia seguinte (2 de julho).

E um novo segmento de mercado surgiu em Montréal em função do Dia da Mudança. As mudanças de bike! Essa acho que só existe aqui mesmo. Existem empresas especializadas e é muito comum ver essas bikes com um carretinho atrás cheio de coisas, como esta que fotografei no última dia 1.

Mudança de bicicleta

Mudança de bicicleta

Bem curioso esse dia da mudança, né?

Até a próxima!

Anúncios