Tags

, , , , , , , , , , ,

Quem já foi para os Estados Unidos certamente estranhou as bizarras unidades de medida adotadas pelos americanos: milhas, graus Fahrenheit, pés, polegadas, jardas, onças, galões, pés quadrados, e por aí vai.

Trata-se do sistema Inglês de medidas. Não me conformo como pode a maior potência mundial utilizar um sistema tão arcaico de medidas. Tão arcaico que nem a Inglaterra utiliza mais! Na verdade, somente 3 países no mundo não utilizam o sistema internacional (métrico). Veja no mapa abaixo:

sistemas de medida no mundo

sistemas de medida no mundo

Assim como os Estados Unidos, o Canadá também foi colonizado pelos Ingleses e por muito tempo adotou o sistema inglês. Somente nos anos 1970 o sistema internacional foi oficialmente adotado no país. Porém, até hoje ainda há vestígios do sistema inglês, mesmo aqui no Québec, província de colonização francesa, onde a conversão tem sido (um pouco) mais rápida. Portanto, no mapa acima, o Canadá precisaria estar mais acinzentado!

Temperatura: isto é sempre em graus Celsius. Nunca vi em Fahrenheit, salvo em programas de TV antigos e embalagens de pizza congelada, onde aparecem ambos.

Comprimento/distância: aí já começa a ficar interessante. Medidas de objetos geralmente são dadas em polegadas e pés. Mas distâncias são em quilômetros.

Área: aparece nos 2 sistemas. A área de uma casa, por exemplo, pode ser dada em pés quadrados ou metros quadrados.

Velocidade: métrico. Quilômetros por hora, sempre.

antiga placa em que velocidade em mph foi substituída por km/h (créditos: wikipedia)

antiga placa em que velocidade em mph foi substituída por km/h (créditos: wikipedia)

Consumo de combustível: os anúncios de carro mostram o consumo em ambos os sistemas. No inglês: mpg (milhas por galão… bizarríssimo). Apesar de também publicarem o consumo no sistema métrico, não utilizam o tradicional km/l (quilômetros por litro), eles usam uma medida européia: l/100km (litros por 100 quilômetros). Neste formato, quanto menor o número, melhor o consumo. Sei lá, acho bizarro também…

Volume: sistema métrico. Litros e mililitros. Mas aí abro parênteses para 2 curiosidades:

1. A gasolina é comprada por litros. Mas acho engraçado o preço anunciado pelos postos. Sempre são anunciados como na foto abaixo: $ 134.9. O que significa esse preço? Na verdade significa centavos/litro. É o mesmo que $1.349 por litro, mas nunca vi neste formato! Acho que este costume vem do tempo, não muito longínquo, em que a gasolina custava alguns centavos por litro. Acho que não previram que o preço um dia ia ser em dólares por litro!

preço da gasolina (créditos: 4-traders.com)

preço da gasolina (créditos: 4-traders.com)

2. Embalagens de produtos às vezes têm medidas bizarras. Vc já parou pra pensar por que uma latinha de refrigerante tem 355 ml? É porque esta medida corresponde a 12 oz, no sistema inglês. A unidade de medida mudou, mas o tamanho da embalagem não. O mesmo acontece com a garrafa de 710 ml (24 oz), que no Brasil foi adaptada para 600 ml. Aqui se vê ainda embalagens de 960 ml, 1,75 l, etc.

Peso: uma zona. Aparece em libras e em quilos. Pesos de pessoas normalmente são em libras. Nos anúncios dos supermercados, as frutas e carnes são anunciadas com preço por libra. Ao lado, bem pequenininho, aparece o preço por kg. Mas na nota sai o preço por kg. (???) Itens mais caros, como alguns frios e peixes, são anunciados em $/100g!! Na minha humilde opinião, nestes 2 casos a idéia é que números menores apareçam no anúncio. Assim como no caso das embalagens de líquidos, as de sólidos também aparecem com quantidades bizarras. É normal ver embalagens de 454g (que é igual a 1 libra).

preço por libra

preço por libra

preço por 100g

preço por 100g

Pontos decimais e milhares: vejo nos dois formatos:

1. “.” para decimais e “,” para milhares, como nos Estados Unidos.

2. “,” para decimais e “.” para milhares, como usamos no Brasil.

Me pergunto se um dia os Estados Unidos vão adotar o sistema métrico também. Provavelmente eles nem sabem que ele existe! 😛

PS: isto me lembra um fato engraçado. Outro dia estava tentando mudar o mostrador do nosso forno de graus Fahrenheit para Celsius. Como não tinha o manual, fui procurar na internet como fazer para mudar. Tinha certeza que era possível. Encontrei então um fórum de discussão e achei o que queria. Mas o engraçado é que a discussão começou pois alguém (americano!) postou que estava desesperado pois a embalagem da pizza mandava que ele colocasse a temperatura em “400 graus”, mas o forno não chegava nesta temperatura!! Claro, estava setado para graus Celsius e ele queria 400 Fahrenheit. Stupid! Nem passou pela cabeça dele que “poderia” existir outra unidade de medida de temperatura??

Bom, espero que este sistema inglês desapareça o quanto antes…

Sigam-nos no Instagram! @canada_segundo_os_brasileiros

Anúncios